Translate

domingo, 18 de abril de 2010






18.04 –“DIA INTERNACIONAL DOS MONUMENTOS E SÍTIOS”


Através desta janela vislumbra-se a Natureza pujante, mãe que sustenta a evolução da vida e o equilíbrio natural das espécies.
• O Património que temos, no campo ou na cidade
• E que ao longo da vida nós retemos na Memória
• Foi marcando gerações, deu-lhes uma Identidade.
• São os Monumentos e Sítios que contam a nossa História.

Este ano o “ICOMOS – Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios”, elegeu o tema: - “Património Rural / Paisagens Culturais”.
O terceiro “Calhau” que tem entre si e o SOL, Vénus e Mercúrio, é tão belo visto do espaço que o cognominaram de Planeta Azul, mas que de facto se chama TERRA e é nela e dela que o HOMEM vive e é parte integrante da sua PAISAGEM.
Com a sedentarização começou a “tirar” da terra 0 seu sustento, primeiro colectivamente, mais tarde “nasceu” o conceito de propriedade e aí foi o princípio do MAL, que veio a dar lugar a contendas, de maior ou menor amplitude, que com a evolução demográfica se vão agravando nos tempos que correm.
A terra, posse de poucos, por vezes ao abandono, contrasta com o interesse de muitos que dela precisam para dela cuidar e tirar dela o seu sustento.
A Floresta e Paisagens Naturais são destruídas por poucos em função do lucro fácil, em contraste com a luta que muitos vêm fazendo na defesa deste Património Natural, que é de TODOS.
LUTEM NA DEFESA DA TERRA, PATRIMÓNIO QUE È DE TODOS.

ARFER