Translate

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

TERRAMOTO DE 1755

 

O TERRAMOTO! – AS IMAGENS !

Estava Sebastião José de Carvalho e Melo empenhado em transformar Portugal, quando pelas 09H00 da manhã do dia1 de Novembro de 1755, “DIA DE TODOS OS SANTOS” um violento Terramoto atinge todo o Sul da Península Ibérica, seguido um Maremoto. A TERRA tremeu,  LISBOA caiu com estrondo com os fortes abalos. Depois incendiada pelas velas acesas em louvor  aos santos e por fim invadida por ondas gigantes, de mais de 20 metros, produzidas pelo maremoto. Diziam, então, os que evocavam os SANTOS,  que foi castigo divino para o governo de então. Nada disso, o acontecimento ecoou por toda a Europa. No dia seguinte (2 de Novembro de 1755) Já o enérgico alfacinha, nado e batizado na Freguesia das Mercês, mobiliza o Exército e a polícia, manda "tratar" da "saúde" à bandidagem que pilhava na cidade destroçada e trata de iniciar o processo de reconstrução de Lisboa. Eugénio dos Santos e Manuel da Maia, tiveram o privilégio de traçar a planta da nova Cidade. Esta atitude, perante a tragédia, teve um impacto político e sócio económico que elevou o GOVERNO de então, a exemplo de toda a Europa (repito) . LISBOA ressurgiu das cinzas, o que hoje (SEC XXI) ainda, nos é permitido admirar.                                                                                                        No último quartel do SEC XVIII, foi “fenómeno” intensamente abordado e inspirador da Filosofia ILUMINISTA de que lembro a figura de VOLTAIRE.
ARFER