Translate

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

AVE DOS SONHOS


















A AVE DOS SONHOS


Avezinha pequenina

Que vens de longe a voar

Do outro lado do mundo.

Como é lindo seu cantar.

Ave querida, sabes bem

Que eu estou à tua espera

Para ver teus olhos brilhar.

E isto não é quimera

Pois já sinto o teu voar

E o odor do teu perfume

Feito da mais linda flor

Que não é chama, nem lume

É fogo feito de amor.

Pousas-te, voei contigo

Por quanto tempo, não sei

E foi então que acordei

E não estavas a meu lado

Foi sonho de que gostei

Mas fica o sonho guardado.

ARFER


VAI e VEM



O Amor vai, o Amor vem

Pode ser suave brisa

Ou chama ardente.

Ninguém o dá porque quer

Mas por aquilo que sente.

Amor é um perfume de Liberdade

Que se pode ou não evaporar,

Porque é livre como o vento.

So livre se pode amar

Nas asas do pensamento.

Não pode, nunca, ser posse, mágoa ou dor.

É só nosso, não tem dono.

Por isso é maravilhosa

A dádiva do AMOR.


ARFER

7 comentários:

  1. Querido amigo lindas poesias. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

    ResponderEliminar
  2. amor e poemas são dádivas, realmente!

    abç

    Betha

    ResponderEliminar
  3. Amigo!

    Poeta de mão cheia!

    Parabéns

    ResponderEliminar
  4. Linda essa poesia... musical, angelical, doce! Faz bem para o espírito!

    ResponderEliminar
  5. Hermosas letras, dejar volar ésa ave de amor y poesía!
    gracias por visitar mi sitio, desde ya soy una seguidora más!!

    Un saludo!!

    ResponderEliminar
  6. O amor...quisera nós podermos domá-lo...sábias palavras, poeta!
    Muito linda a música de entrada do seu blog. Como se chama?

    Beijos e parabéns por tão belos versos!

    ResponderEliminar